Partilhar comida com os vizinhos e fazer uns trocos (01/09/2013)

Um dia há uns meses atrás,  Marieke Hart, uma vizinha aqui de Utrecht,  estava no seu jardim, quando das traseiras de sua casa, sentiu um cheirinho a pairar no ar. Era mais uma vez os cozinhados da sua vizinha, que enchiam o ar com uma apetitosa fragrância de comida caseira acabada de fazer. Marieke e o marido, encheram-se de coragem, e bateram à porta da sua vizinha e disseram-lhe que o cheiro era tão delicioso que um dia gostariam de experimentar os seus cozinhados. A vizinha, em vez que reagir com estranheza, ficou tão feliz com o elogio, que no dia seguinte lhes preparou uma sopa de abóbora.

Foi este o primeiro passo necessário para o nascimento da plataforma online de partilha de refeições entre vizinhos Shareyourmeal.net, que já se espalhou por toda a Holanda. Hoje são 40.000 as pessoas registadas na plataforma, como cozinheiros e como foodies, e 400 pessoas que diariamente entram na cozinha de um vizinho para partilhar uma refeição a um baixo custo.

Plataforma "Share your Meal"

E hoje fizemos parte desse número e entrámos porta a dentro da cozinha de uma vizinha aqui do bairro.

Para isso bastou ontem entrarmos na plataforma para fazer o registo, e uns breves minutos depois, descobrir uns 5 cozinheiros a menos de 500 metros de distância dispostos a partilhar as suas refeições com os seus vizinhos! Escolhemos então um deles baseado nos pratos que apresentavam na sua página, nos comentários e no preço. Depois foi só fazer o pedido,  escolher a data e a hora que gostaríamos de recolher o cozinhado e passar lá por casa de marmita na mão.

Há pouco lá passamos por casa da nossa vizinha para levantar o nosso pedido: duas doses de tajines vegetarinas,  deliciosas por sinal, que no total nos custaram 10 euros e ainda darão para outra refeição.

IMG_2255[1]

As vantagens desta plataforma? Para mim são muitas: não precisar de cozinhar (de vez em quando sabe bem), refeições caseiras a baixo custo, eliminar o desperdício (simplesmente às vezes é mais eficiente cozinhar para mais pessoas), fazer algum dinheiro e conhecer os vizinhos!

E é aqui, que esta ideia tem o poder transformativo de tornar comunidades alheadas e desconhecidas, em redes de partilha e cooperação. E pode começar com comida, mas estender-se a um sem fim de outros bens ou serviços.  E para nós, estrangeiros no nosso próprio bairro, partilhar uma refeição com alguém daqui parece ter um significado ainda maior, porque acaba por ser uma forma de integração.  O próximo passo será tentarmos ser também cozinheiros!

No entanto a grande desvantagem, é que os pedidos têm que ser submetidos pelo menos 24 horas antes da hora pretendida de entrega e aprovados, ou seja, ao fazer um pedido não é garantido que o cozinheiro esteja disponível. O que faz todo o sentido, até porque não se tratam de cozinheiros profissionais, apenas pessoas que querem partilhar o prazer de cozinhar e receber uns trocos.

Mesmo assim, eu estou completamente rendida a esta ideia e acho que faria muito sucesso em Portugal! Desse lado alguém já experimentou partilhar comida com os vizinhos?

Para quem quiser saber mais, pode ver este video do Tedx com a fundadora da Share Your Meal:

E boas partilhas!

Há mais no facebook: https://www.facebook.com/EspressoAndStroopwafel

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s